Top Ad 728x90

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

O que é a Dark Web? E qual a diferença dela para a Deep Web?


Provavelmente você já ouviu falar sobre a Deep Web certo? Mas será mesmo que você conhece e entende como esse sistema de internet funciona?
Aqui na Fatos por exemplo, nós já falamos sobre o assunto, como você pode conferir na matéria sobre 7 realidades da Deep Web que ninguém tem coragem de comentar.
Pois bem, hoje por outro lado, iremos ser um pouco mais didáticos, visto que o objetivo é exatamente entender o que é e como funciona tanto da Deep Web, quando a Dark Web, que é exatamente o lado obscuro que você ainda não conhece de toda essa história.
n
Bem, a primeira coisa que precisamos entender, é que essa internet do dia a dia que você conhece, e é utilizada para acessar as redes sociais, fazer buscas e etc, é a denominada “surface web”, ou seja a internet de “superfície”.
Nela podemos encontrar sites que são indexados por motores e sites de buscas, com o Google ou o Yahoo por exemplo. Você até pode não acreditar, mas toda a internet que você conhece, é equivalente a apenas 0,03% de toda a rede real de internet.
E daí você pode estar se perguntando, mas e o resto? Onde está os 99,97% da internet que eu ainda não conheço?
m
Pois bem, todo esse conteúdo que não se pode encontrar através dos motores de busca já é considerado como Deep Web. Isso inclui servidores de e-mail, páginas com conteúdo dinâmico e páginas privadas. Basicamente é tudo aquilo que você não encontraria no Google, mas poderia acessar através de um link direto ou senha por exemplo.
O que não necessariamente significa dizer que o conteúdo da Deep Web é 100% boa ou ruim, visto que o fato de um conteúdo estar na “DP” não necessariamente o torna proibido ou ilegal.  A Deep Web é basicamente uma necessidade, visto que precisamos de sigilo quando o assunto é a nossa caixa de entrada de e-mail, por exemplo, concordam?
Agora o que talvez você ainda não compreendia, é que dentro da Deep Web ainda existe um outro segmento e camada da internet, esse por sua vez é considerado bastante perturbador e sombrio, e é por esse motivo, que ele é designado exatamente de “Dark Web”, que literalmente significa “Web Sombria”.
o
O objetivo da Dark Web é garantir a privacidade de seus usuários, e é por isso que ela é formada por redes como Freenet, 12P e Tor, que nada mais são do que motores de buscas, bastantes restritos e não indexados.  Ou seja, para entrar nessa parte ainda mais profunda da Deep Web você precisa baixar um desses servidores, e obrigatoriamente compartilhar algum conteúdo antes de sair por ai navegando, desse modo eles conseguem diminuir os números de denúncias.
Neste local você poderá encontrar um enorme mercado ilegal, como venda de drogas, pornografia infantil, conteúdo de abuso sexual e tortura, além de venda de órgãos humanos por exemplo. Um dos mercados de maior sucesso da Dark Web, é chamado de “Silk Road”, nele você encontra todo tipo de produto e conteúdo, como já mencionamos anteriormente e uma média de 500 mil dólares são movimentados todos os dias.
Para vocês terem uma ideia, nesse local sombrio da internet é possível até mesmo contratar hackers e assassinos de aluguel. Não existem leis, regras ou pudor.
p
Isso porque nessa região da internet as pessoas realmente conseguem se manter anônimas, visto que o TOR por exemplo desabilita vários itens de navegação,  os sites são feitos para não serem encontrados com facilidade e os endereços normalmente usam uma sequência grande de letras e números seguidos de sufixos como “.onion” por exemplo.
Ou seja, sabe quando você ficava pensando, no que as pessoas seriam capazes de fazer na internet, se realmente pudessem se manter no anonimato? Eis que você acertou na mosca a ideia e o conceito de Dark Web!
Mas e então queridos leitores, vocês podiam imaginar que existia essa divisão entre Deep Web e Dark Web? O que mais te surpreendeu nisso tudo? Conta pra gente aqui em baixo pelos comentários.

Top Ad 728x90